segunda-feira, agosto 23, 2010

O que der e vier.

'Onde está a frieza, leve o amor. Se existir ódio, combata com o perdão. Quando sentir que irá vacilar, não tema. Há uma força interior que chama para caminhar e reconhecer que os problemas são dados na medida em que somos capazes de aguentá-los. Decida por seguir em frente, sem olhar para trás: isso pode ser o maior remédio para curar males do coração. Se uma batalha abater seu espírito, reanime as forças e revitalize o seu ser para a próxima batalha. Jogue fora o orgulho, a vaidade e o desamor.

Liberte-se com a força e luz infinitas que vem dentro de você. Não permita que pequenas bobagens impeçam de encontrar o verdadeiro significado da vida. Dê uma chance a si mesmo, vá além! É maravilhoso enxergar com os olhos renovados, perceber que a vida é um botão de rosa que, aos poucos, irá desabrochar. Tenha a coragem dos fortes e humildade para reconhecer um erro, sentir brotar do peito a paz que se estabelece a partir de um legado de vida limpa. E, acima de tudo, reconheça que, ainda que você sinta medo e cansaço, o amor lhe trará segurança para enfrentar o que der e vier.'